Nosso compromisso é realizar exames com qualidade e precisão

Endereço:

Rua Gustavo Arthur Koehler, nº 29, Bairro das Nações, Indaial - SC

exposição adequada ao sol

Esclareça suas dúvidas sobre a vitamina D

A vitamina D é uma substância importante para diversas funções no nosso organismo. A questão é que muita gente tem diversas dúvidas a respeito de como obter essa vitamina para o corpo de maneira adequada e segura.

Devo me expor ao sol? Com ou sem filtro solar e em quais horários? Ou devo somente ingerir determinados alimentos e suplementos? Estas são apenas algumas das muitas perguntas que surgem constantemente sobre esse assunto.

Por isso, neste post vamos falar porque a vitamina D é importante para o organismo, quais a consequências de sua deficiência, e as maneiras de obter essa vitamina de modo seguro.

Por que a vitamina D é importante para o organismo?

A vitamina D é um nutriente que é ativado na pele e nos rins com funções essenciais no ser humano, como a formação e manutenção dos ossos, absorção de cálcio e funcionamento adequado de uma série de órgãos. A sua falta pode levar a perda de densidade óssea, que pode contribuir para osteoporose e fraturas.

A maioria das pessoas vai perceber sintomas dessa deficiência somente lá pela terceira idade, por isso é importante começar um acompanhamento da quantidade dessa substância no organismo desde quando se é jovem. Isso é facilmente detectado por um exame de sangue solicitado por um médico.

Algumas pessoas estão mais sujeitas a ter deficiência de vitamina D:

  •  pacientes que já fizeram cirurgia bariátrica e por isso tem uma má absorção da vitamina no intestino,
  • indivíduos acima de 65 anos, que já não produzem mais a mesma quantidade de vitamina D do que quando eram jovens, por conta da redução da espessura da pele exposta,
  • pessoas de pele negra, pois quanto mais melanina, menos absorção de raios UVB do sol e menos vitamina D produzida,
  • usuários regulares de medicamentos que interfiram na sintetização na vitamina.

Quais as formas de obter a vitamina D?

As duas principais maneiras de conseguir vitamina D são por exposição da pele ao sol e por meio de ingestão de suplementos. Alguns alimentos também são fonte, no entanto, não fornecem as quantidades mínimas suficientes de que o corpo precisa.

O sol

O corpo naturalmente produz vitamina D após a exposição ao sol. Mas o que seria uma opção fácil de obter a substância para o organismo exige também bastante bom senso, já que do mesmo modo que ajuda a produção da vitamina D, o sol também pode levar ao envelhecimento da pele e ao câncer da pele.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia incentiva a exposição direta de áreas cobertas, como pernas, costas, barriga, ou ainda palmas e plantas, por 5 a 10 minutos todos os dias, com o objetivo de sintetizar vitamina D.

De acordo com um estudo da SBD, essa exposição ao sol pode ser feita inclusive com o uso de protetor solar, sem que seja afetada a síntese da vitamina D na pele.

Conforme responsáveis pelo estudo, a síntese de vitamina D depende de doses muito baixas de UVB em pequenas áreas do corpo. Assim, a radiação solar pode atingir a pele através do vestuário leve e couro cabeludo, além de áreas que não são completamente cobertas pelo filtro solar.

Por isso, a SBD mantém a recomendação de uso de fotoprotetores para a exposição moderada ao sol, que é considerada mais segura para a pele fora dos horários de pico do UVB (entre 10h e 16h).

exposição adequada ao sol

Os alimentos

A vitamina D está presente em alimentos como alguns peixes mais gordurosos (salmão, atum, sardinha), cogumelo shitake e no ovo. No entanto, as quantidades fornecidas por esses alimentos são consideradas insuficientes para atingir os níveis mínimos diários de necessidade de vitamina.

salmão fonte de vitamina D

Os suplementos

Como é necessário cautela com o sol como fonte de vitamina D e os alimentos não fornecem o necessário, em muitas situações de deficiência da substância no organismo, a solução passa a ser a ingestão de suplementos.

A suplementação é especialmente importante para aqueles casos onde há dificuldades para sintetização natural da vitamina D, como já citamos: pessoas na terceira idade, com cirurgia bariátrica, de pele negra e que utilizam determinados medicamentos.

Mas é importante lembrar que a reposição oral de vitamina D só deve ser utilizada em casos onde há a deficiência da vitamina e sempre com a orientação de um médico.

A sobrecarga de vitamina D somente é causada pela suplementação, já que a demasiada exposição ao sol não causa intoxicação por vitamina D, porque o corpo limita a quantidade de vitamina que produz.

suplementação de vitamina D

A vitamina D tem bastante importância para o organismo e sua absorção é feita principalmente pela pele. Mas é preciso ter cuidado com a exposição ao sol para não ter outras doenças.

A orientação médica é fundamental em cada caso, para ver qual a melhor maneira daquele indivíduo obter a vitamina D e se a suplementação é necessária.

Conseguiu esclarecer suas dúvidas sobre esse assunto? Comente aqui e conte pra gente se quer saber mais a respeito.