Hábitos mais saudáveis

A detecção precoce do câncer evitaria pelo menos 40% das mortes causadas pela doença, segundo pesquisa divulgada nesta semana pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca). A divulgação vem em hora oportuna, já que nesta sexta-feira (27) é o Dia Nacional de Combate ao Câncer. O estudo apontou ainda a estimativa de incidência do câncer no Espírito Santo: 9.340 novos casos em 2010. Entre eles, o de próstata (1.040) e o de mama nas mulheres (820) devem ser os mais notificados.

Entretanto, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a mudança de hábitos e atitudes saudáveis no dia-a-dia pode contribuir para que esse número seja menor nos próximos anos, já que, com exceção das predisposições genéticas, muitos dos casos de câncer estão diretamente ligados ao estilo de vida. A falta de tempo, o tabagismo, o estresse e os hábitos modernos, como comidas prontas e o sedentarismo, são algumas das principais causas da doença.

“A população deve mudar sua maneira de viver, criando hábitos mais saudáveis. É preciso que as pessoas, principalmente os mais jovens, se conscientizem dos malefícios do cigarro, das comidas processadas e enlatadas, do álcool e também da exposição excessiva ao sol sem proteção”, afirma a coordenadora da Sesa na área, Rita Rocha. Cuidar da alimentação, praticar exercícios físicos, ficar longe de cigarro é álcool e se proteger com filtros solares são atitudes simples que contribuem para a saúde.

Diagnóstico

O diagnóstico precoce também é importante para que o paciente tenha sucesso no tratamento. “Se detectado cedo, a doença tem mais chances de cura e é possível evitar óbitos”, afirma a coordenadora. Em 2008, 3.207 pessoas morreram em decorrência de algum tipo de câncer no Espírito Santo.

Por isso, de acordo com Rita Rocha, é importante que a pessoa fique atenta ao aparecimento de algum sintoma persistente. No caso das crianças, são os pais que devem observar o surgimento de problemas de saúde. “Ao apresentar algum tipo de problema de saúde constante, a pessoa deve procurar atendimento médico imediatamente para a realização dos exames para diagnóstico”, recomenda Rita Rocha.

Para ela, também não devem ser esquecidos os exames de rotina, como exame de mamografia, do colo do útero e da próstata. Em caso de diagnóstico positivo, o paciente é encaminhado para tratamento na rede de alta complexidade oncológica (cirurgia, quimioterapia e radioterapia), referenciada para o atendimento de câncer.

[Fonte: radiopiumafm.com.br]


© Direitos Reservados - Clinicor - Endereço: Rua Gustavo Arthur Koehler, nº 29, Bairro das Nações, Indaial - SC - Fone 47 3333.2771